13 de novembro de 2009

Ah o Amor!

Sim gente , estava procurando o DVD do John Mayer esse ser fofissimo, pra baixar, acabei vendo a tradução de um trecho que ele descreve como se apaixona! Por isso resolvi colocar aqui, leiam:

Traduzido Por: André Maia
Comunidade do Orkut.


Quando você conhece alguém pela primeira vez um(a) amigo(a) de um(a) amigo(a) diz que a pessoa se interessou por você, pede o seu número de telefone e tal... você liga e vão conversando legal e tal com ele(a) e derrepente ele(a) surge as seguintes palavras mágicas: “gostei disso” – “gostei disso” faz com que você fique mais interessado na pessoa, começa a querer vê-la e enfim começa a ligar mais, se importarem mais um com o outro, a querer se encontrarem mais.

Derrepente começam a falar dos mesmos gostos, seus filmes preferidos, papo anda bem e tal e entra a segunda fala que é seqüencial na parada – “ ando pesando muito em você” – "ando pensando muito em você" faz vc ir ás nuvens! a pessoa já pensa (ai meu Deus ela ta gostando de mim, assim como gosto dela!)tudo bem, tá legal, mas agora o que não funciona mais? “ uhm gostei disso” – passou-se a “ando pensando muito em você! dá aquele báck... falta ar, pessoa começa a ficar toda “in love”.... É um processo (sensação) que começa e não para mais de ir andando....

Vão vivendo numa boa, 6 semanas ou 6 meses, dependendo da intensidade do caso, derrepente surge a seguinte fala “ESTOU APAIXONADO POR VOCÊ” , e nada no mundo soa melhor do que “estou apaixonado por você!” O que não funciona mais? ”gostei disso” já era! e “ando pensando muito em você” também já era, não funciona mais!!!.... e vai indo....

Esse processo continua indo desenfrado e a mil.... Derrepente vem a tão sonhada fala : “Eu te amo”, depois é “quero casar com você“, ”quero ter um filho (engravidar) você com todo o meu amor” e vai, vai... aí você usa essa fala - essa linha da prova mais pura de amor – você diz essa frase aqui ó “Eu desejaria que as pessoas inventassem uma nova palavra do dicionário maior , pois amor não descreve o que eu sinto por você” !

Derrepente, começa do nada um coisa muito interessante, você atravessa um ponto muito crucial onde começa a ficar ruin – começam-se a se perguntar - é assim – Você me ama né? A pessoa diz: sim né, claro que te amo! Então diga, diga mais de uma vez, diga duas vezes, três... derrepente pinta do outro lado aquela voz do tipo – “eu não gostei disso” – eu te odeio.. derrepente é nós acabamos, não acabamos, não não nãoooooo, quando se vê acabou tudo , você vai embora com nada e nada mais serve, tudo já era!

A moral da história? se é que existe uma ???

- Nunca, jamais subestime o poder da palavra “EU GOSTEI DISSO” - “I LIKE THAT” !!!

Compartilhe