30 de abril de 2011

Viajando no universo - Parte 1

Olá viajantes, sei que ando muito ausente do blog devido algumas circunstâncias, mas estou lançando uma série que se chama Viajando no universo. Bom, sem mais delongas, Viajando no universo é uma série de post divididos em partes que retrata minha teorias, crenças, ideologias e reflexões do mundo, incluindo diversos temas e o primeiro deles é apresenta-se a seguir:

Viajando no universo - Parte 1- Da criação do universo



Você com certeza em algum momento de sua vida já se deparou perguntando para si mesmo:
Como que eu surgi? Quem fez os humanos? Só existe vida no planeta Terra? Porque? Como surgiu o Universo? Quem criou o Universo? Deus? E se Deus criou o universo, quem criou Deus?...

Foi tentando responder essas perguntas que comecei as minhas teorias do universo, Nas minhas pesquisas, descobri vários mitos de criação, dentre eles os mais famosos:

Teoria do Big Bang
Teoria da Criação Bíblica
Teoria Egípcia
Teoria Grega
Teoria Hindu
Teoria Assíria

Depois de analisar cada uma delas, conclui que cada povo criou sua própria cultura e seus deuses foram inventados para suprir a necessidade de responder a tais perguntas, logo  percebe-se o tamanho da divergência entre cada mito.

Por exemplo, no Hinduísmo, eles acreditam que o universo não foi criado em um momento exato da vida, ele simplesmente foi criado e será destruído sucetivas vezes, como em um ciclo, ciclo esse simbolizado pelo deus Xiva.

Já na criação da Bíblia (Gênesis 1:1)diz:
No princípio criou Deus os céus e a terra. E a terra era sem forma e vazia; e havia trevas sobre a face do abismo; e o Espírito de Deus se movia sobre a face das águas. E disse Deus: Haja luz; e houve luz.

E viu Deus que era boa a luz; e fez Deus separação entre a luz e as trevas. E Deus chamou à luz Dia; e às trevas chamou Noite. E foi a tarde e a manhã, o dia primeiro.

Por outro lado no mito Taoísta, o princípio de tudo era o Caos, e dele surgiu a luz que originou o céus. A terra foi formada da concentração das partículas densas do Caos. O céu e a Terra deram origem a natureza que possui 5 elementos fundamentais ( metal, madeira, terra, água, fogo ). O céu e a terra também deu origem ao que chamam de Yin e Yang, feminino e masculino, que ao se juntarem aos 5 elementos, formaram o Homem.

Já a teoria famosa do Big Bang, o universo teria se formado a partir de uma densa concentração de matéria e energia a alta temperatura que chegado a um certo momento explodiu ocorrendo o Big Bang, encadeando a formação e expansão do universo, tudo lentamente, assim, quando a matéria esfria e passado bilhões de anos, ela se agrega formando as primeiras galáxias.

E assim, existem várias e várias teorias, umas relatam o universo surgindo do nada, outras do caos, algumas de Deus ou deuses, assim  podem ser classificadas na seguinte tabela extraída do livro a Dança do Universo do queridíssimo cientista Brasileiro, Marcelo Gleiser:

Bom, olhando para a tabela, e na minha crença, eu acredito como Deus o criador universal de tudo e todos, teoría bíblica, porém você deve se perguntar, mas e como você responde as perguntas?
Então lá vai minha conclusão:

Eu acredito que o universo é infinito, e que Deus o criador criou tudo, por ser um ser Perfeito, o universo também é, entendo que a bíblia diz a respeito da criação em metáforas, o que corresponde a 7 dias, seria a 6 eras geológicas (Arqueozoica, Proterozoica, Paleozoica, Mesozoica, Cenozoica e a que vivemos hoje). O sétimo dia, Deus descansou. Sendo nessas eras construído todo o processo de evolução até os dias de hoje.

Assim, como na genética, onde os filhos herdam genes dos pais, a natureza e a humanidade em si, possuem a essência de Deus,e caminhamos "evoluindo", porém nós humanos precisamos encontrar essa essência (mas isso será assunto para outra parte).

Bom mas aí você se pergunta, se Deus criou tudo, quem criou Deus? Para essa pergunta conclui que Deus é um ser infinito, ele criou tudo, ele é tudo, mas nós humanos somos seres Finitos, nossa capacidade de pensar é limitada, por isso nosso pensamento é polarizado, ou seja, achamos que tudo tem um oposto, exemplo:
Homem - Mulher
Bem - Mal
Bonito - Feio
Rico - Pobre
Por isso criamos a existência do "nada", o vazio absoluto, só para suprir a necessidade da existência de um não ser, então se falamos que antes de Deus existiu Nada, estamos assumindo a existência de nada, e isso seria um paradoxo, já que o  nada  não existe, pois não existe um vazio absoluto.

Logo, Deus não foi criado, ele sempre existiu, ele sempre foi e sempre será, ele simplesmente É! Como escrito nessa frase de Mahatma Gandhi:

Deus é puríssima essência. Para os que têm fé nele, Deus simplesmente é.




Então, Deus é infinito, como diria Camões: "Uma verdade que nas coisas andam, que mora no visível e no invisível!"
Assim, concluo que nas minhas reflexões, Deus é o Tudo e ao dar origem a vida ele está em tudo, e como está em tudo, tem o poder de modificar  e intervir em algo quando quiser, mas na maioria das vezes deixa o sistema seguir pelas próprias regras que ele mesmo fez, ação, reação... evolução!

Ps: Agora que você sabe que o nada não existe e que tudo é nada, o que você acha que Sócrates quis dizer com a frase:

"Só sei que Nada sei"?

Bom essa foi a primeira parte, espero que tenham gostado!
Um Beijo doce na célula epitelial da laringe e um abraço apertado no lóbulo da orelha!

Até a próxima!!

Créditos: Livro "A dança do Universo" - Marcelo Gleiser

Compartilhe